'Eventos' archive



postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
13.05.2021

Para marcar a Semana de Conscientização sobre Saúde Mental , o Duque e a Duquesa de Cambridge viajaram para West Midlands para compromissos “destacando organizações locais que apoiam crianças e jovens“.

Os eventos acontecem logo após o lançamento de uma chamada de vídeo do outono passado, quando a Duquesa falou com a finalista do Hold Still, Niaz e sua filha Romy sobre o impacto da pandemia na saúde mental dos jovens. “Todos já experimentaram algo juntos de uma forma, então não há vergonha em falar sobre isso. E é isso que estamos realmente ansiosos para fazer … quebrar o estigma e tentar iniciar conversas sobre saúde mental.Kate acrescentou que espera “iniciar mais conversas” em torno da saúde mental.

O tema da Semana de Conscientização em Saúde Mental deste ano é a natureza.

A Fundação de Saúde Mental descreveu a natureza como nosso “grande recurso inexplorado” para um futuro mentalmente saudável e é “fundamental” para nossa saúde psicológica e emocional. Durante a pandemia e os períodos de restrições, dar uma caminhada ou passar um tempo ao ar livre tornou-se algo pelo qual ansiar.

O presidente-executivo da Fundação de Saúde Mental, Mark Rowland, disse :

‘No primeiro bloqueio, liguei para um amigo idoso. Ela mora sozinha e teve uma queda recentemente. Separada de sua comunidade, ela perdeu todo o contato pessoal. Quando perguntei como ela havia superado isso, ela me disse que estava se consolando diariamente em observar os pássaros cantando uns para os outros na cerca e as flores ressurgindo das geadas do inverno.

Durante longos meses de pandemia, milhões de nós se voltaram para a natureza. Nossa pesquisa sobre os impactos da pandemia na saúde mental mostrou que fazer caminhadas ao ar livre era uma das nossas principais estratégias de enfrentamento e 45% de nós relataram que estar em espaços verdes era vital para nossa saúde mental. Os sites que mostraram imagens de webcams de animais selvagens tiveram um aumento de visitas em mais de 2.000%. Estudos mais amplos também descobriram que, durante os bloqueios, as pessoas não apenas passam mais tempo na natureza, mas a percebem mais.

Era como se estivéssemos redescobrindo em nosso ponto mais frágil nossa necessidade humana fundamental de nos conectarmos com a natureza.

Temos dois objetivos claros. Em primeiro lugar, para inspirar mais pessoas a se conectarem com a natureza de novas formas, percebendo o impacto que essa conexão pode ter para sua saúde mental. Em segundo lugar, para convencer os tomadores de decisão em todos os níveis que o acesso e a qualidade da natureza são uma questão de saúde mental e justiça social, além de ambiental.

2021 será um grande ano para a natureza: um novo projeto de lei ambiental será aprovado no Parlamento do Reino Unido, que moldará o mundo natural para as gerações vindouras; o Reino Unido sediará as nações do G7, onde a criação de um futuro mais verde será uma prioridade e uma histórica Conferência Internacional das Partes sobre Mudança Climática da ONU (COP26) será sediada em Glasgow em novembro.

Não poderia haver momento mais importante para compreender as ligações entre a natureza e a saúde mental. ‘

O tema está muito presente nas causas apoiadas por Kate. Durante a apresentação de ‘Back to Nature‘ no RHS Chelsea Flower Show em 2019, a Duquesa disse: “Eu acredito que passar tempo ao ar livre quando somos jovens pode desempenhar um papel no estabelecimento das bases para que as crianças se tornem adultos felizes e saudáveis.

A primeira parada do dia foi a Way Wolverhampton Youth Zone , uma organização que apoia os jovens a transformar suas vidas. Seus serviços se concentram em saúde e bem-estar, esportes, artes, aprendizagem e o Way Cafe.

Localizado no centro de Wolverhampton, o Way Youth Zone é um espaço seguro dirigido por jovens para crianças de 8 a 25 anos.

William e Kate juntaram-se a um grupo de jovens enquanto participavam de sessões de bem-estar e atividades.

O Palácio de Kensington observou:”Estabelecido pelo National Lottery Community Fund, o HeadStart é um programa projetado para melhorar a resiliência e o bem-estar emocional de crianças e jovens, dando-lhes as habilidades de que precisam para enfrentar os desafios da vida moderna. Como parte do programa , o Anna Freud Centre, um parceiro de caridade Heads Together do qual a Duquesa é patrona, e a University College London estão avaliando evidências sobre novas maneiras de melhorar a saúde mental e o bem-estar dos jovens e prevenir o desenvolvimento de problemas graves de saúde mental.”

Informações da revista Hello! :

‘A Duquesa também mostrou seu lado esportivo, ao tentar uma sessão de arco e flecha. Olhe a concentração no rosto dela! “Terrível!” ela exclamou depois de errar o alvo.

O casal notoriamente competitivo se enfrentou durante uma partida de tênis de mesa. “Vamos Catherine!” William disse enquanto a encorajava a se juntar ao quarteto: “Catherine é muito boa no tênis de mesa.”

Quando ela o fez, o casal estava em seu elemento. “Isso pode durar horas”, disse William. “Conversem entre vocês!”

William brincou: “Ainda nos consideramos jovens, mas não somos. Não me vejo mais como tão jovem. Tenho quase 40 anos.

Informações da People:

‘Keisha, uma das jovens que mostrou a William e Kate o centro, disse aos repórteres: “Eu perguntei a eles sobre seu cachorro e o que eles fazem para serem ativos. Eles gostam de passear com o cachorro e passar tempo com seus filhos. Eles gostam para assar também e fazer comidas diferentes com a família. ”
“Fizeram perguntas sobre o que gostamos de fazer. Falei sobre como gosto de dançar. Catherine disse que adora estar na natureza. Gosta de passear, e também se interessa por esportes, como vimos lá fora com o tênis de mesa. Eles são muito competitivos! ” ela continuou.’

De lá, o Duque e a Duquesa visitaram a Base25 , uma organização que trabalha com 5.000 jovens todos os anos. Eles operam há mais de vinte anos oferecendo uma gama de apoios e serviços. A instituição de caridade oferece oportunidades de colocação de estudantes para moradores locais e seu esforço de arrecadação de fundos de mais de meio milhão de libras beneficiando pessoas em Wolverhampton. O Duque e a Duquesa ouviram falar do apoio personalizado oferecido e de vários jovens apoiados pela Base25.

A última parada foi a HugglePets, uma organização sem fins lucrativos “fundada em 2018 que usa a Terapia Assistida por Animais para ajudar crianças com deficiências NEE ou aqueles que enfrentam problemas de saúde mental a se engajarem em atividades de terapia e bem-estar“. Eles trabalham em estreita colaboração com várias escolas para oferecer programas de intervenção assistida por animais ajudando crianças com seu bem-estar mental.

Na escola primária de Loxdale, William e Kate conheceram Barbara, o largato, e Gus, o porco-da-índia.
Catherine usava um casaco azul-marinho por Catherine Walker, blusa Tory Burch, calças da Jigsaw, brincos Freya Rose, sapatos Emmy London e bolsa azul-marinho.

 

postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
07.05.2021

Essa sexta-feira (07) foi um dia agitado para a Duquesa de Cambridge, enquanto ela celebrava o lançamento oficial de Hold Still: A Portrait Of Our Nation em 2020, com vários compromissos e atividades em Londres. O livro comovente e oportuno alcançou o número #1 na tabela de best-sellers da Amazon UK ontem – com cópias chegando em casas por todo o país e muito mais longe hoje.

Quando o projeto foi anunciado no ano passado, muitas pessoas pediram para que o projeto tornasse um livro

O dia começou fora do Palácio de Kensington sob o sol. A Duquesa, os juízes do projeto, os finalistas e uma equipe da Book Fairies deixaram cópias gratuitas por todo o Reino Unido em lugares que lhes deram esperança durante o bloqueio. Cada cópia é embrulhada em uma fita dourada com um adesivo de cópia gratuita e uma carta de Kate.

A Duquesa escreveu aos sortudos que descobriram: “Assim que terminar de folhear o livro, deixe-o em algum outro lugar da sua comunidade para que outra pessoa o aprecie.

O primeiro evento da Duquesa foi uma visita ao Royal London Hospital para ouvir como a arte é importante para o serviço de artes vitais. Ela viu um retrato emoldurado de ‘Melanie‘. Kate e a National Portrait Gallery presentearam a peça e ela ficará exposta no corredor principal do hospital.
A Hello! relata: “A Duquesa disse: ‘Tornou-se realmente icônico, não é? Alguns deles tinham histórias realmente poderosas por trás deles e este realmente se destacou. Falei com Johannah e ela era assim,’ isso não é sobre mim, é sobre as pessoas que eu represento ‘. Ela foi tão humilde sobre isso.’

Kate participou de uma discussão com a equipe.

Mais de Hello! :

‘Ela sentou-se com vários funcionários para conversar sobre suas experiências durante a pandemia e perguntou: “Como estão vocês? Sei que os hospitais são lugares ocupados, mas a pressão extra de Covid … Como está o clima agora?”
Disseram-lhe que o moral estava bom e foram-lhe apresentados exemplos de fotografias tiradas pelo pessoal da Barts Health NHS Trust para documentar este período da história. ‘

Kate recebeu uma cópia do livro Oh No, George de Chris Haughton para as crianças e comentou: “Isso é muito apropriado!” Ela viu impressões e fotos e disse que Charlotte adorara imagens brilhantes.

De lá, Kate visitou o arquivo da National Portrait Gallery.

A visita resultou de novidades que as últimas 100 imagens do Hold Still farão parte do acervo nacional do NPG, garantindo o seu lugar na história da galeria.
O Dr. Nicholas Cullinan, diretor da National Portrait Gallery disse ao Mail: “A resposta do público ao Hold Still, que foi liderado por nossa Patrona, a Duquesa de Cambridge, foi fenomenal. As fotografias enviadas ajudaram a criar um retrato unificador e catártico da vida em bloqueio. Estamos honrados por ter conseguido compartilhar uma seleção dessas fotografias com a nação, primeiro por meio da exposição online e da comunidade e agora por meio desta nova publicação. A receita arrecadada com o livro nos ajudará a continuar a cuidar e a compartilhar nossa coleção nacional e a fornecer acesso gratuito e inspiração e aprendizado, por meio do trabalho que fazemos na Galeria e em nossos projetos de educação e comunidade no Reino Unido.
Os rendimentos do livro serão compartilhados entre o NPG e a organização de caridade líder em saúde mental do Reino Unido, Mind.

A reporter Emily Nash esteve nos eventos e revelou que Kate passou um tempo na galeria com os finalistas Naz Maleknia e Claudia Burton. Ela elogiou o trabalho deles: “São momentos pessoais que você capturou e é ótimo compartilhá-los com o mundo.

 

 

Catherine estava deslumbrante em um vestido laranja vibrante da coleção outono/inverno 2018 da Eponine London, uma linda bolsa da DeMellier London, seus escarpins Ralph Lauren, saia plissada da Zara e seus brincos Mappin & Webb Empress.
postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
07.05.2021

Como parte de uma nova série para marcar o lançamento do novo canal do Duque e da Duquesa de Cambridge no YouTube, o Palácio de Kensignton está lançando uma série de ligações que a Duquesa fez no outono passado com participantes do projeto Hold Still: A Portrait of our Nation. Na primeira ligação, ‘Shielding Mila‘ , a adorável Mila de quatro anos atendeu animadamente ao telefone cumprimentando a Duquesa com: “Bom dia, Sua Alteza Real!Kate respondeu: “Bom dia. Meu Deus, você é tão educada Mila!

‘Lynda tirou a foto comovente dela e Mila depois que tomaram a difícil decisão de se isolar do pai. Como família, tomamos a decisão de isolar Mila comigo mesma em casa na semana anterior ao isolamento. Depois de tentar encontrar uma solução alternativa, tomamos a difícil decisão de isolar em diferentes domicílios para proteger Mila, que neste momento estava apenas 4 meses em sua jornada de quimioterapia para leucemia linfoblástica aguda. Como o pai de Mila, Scott, tinha que continuar a trabalhar e sua irmã mais velha Jodi ainda frequentava a escola, não podíamos arriscar a possibilidade de uma infecção ser trazida para casa, então eles iriam nos visitar todos os dias na janela. A princípio Mila não entendeu por que Scott não podia entrar e perguntou a ele: ‘Por que você não pode entrar, papai?’

Lynda escreveu: “Esta fotografia foi tirada no primeiro dia da separação. Após sete semanas de separação temporária e depois de ser dispensado do emprego, Scott se reuniu com Mila. Olhando para trás, estou muito orgulhoso de minha filha e de quão longe ela veio, o nível de resiliência que Mila mostrou durante este tempo sem precedentes é verdadeiramente notável.

Kate perguntou a Mila sobre não ver seu pai direito por tanto tempo. Mila disse ser difícil. “Quando ele entrou em casa, fiquei tipo, muito surpreso.

A pequena Mila tinha uma pergunta muito especial para Kate: “Você tem fantasia?” A Duquesa respondeu: “Não estou usando uma fantasia de princesa agora, infelizmente Mila. Você também tem muitas fantasias?” Mila revelou que sim e sua cor favorita é o rosa, o que gerou uma promessa especial da Duquesa: “Tenho que me certificar de ir e tentar encontrar um vestido rosa para que, um dia esperançosamente, Mila, nós consigamos nos encontrar e então eu vou me lembrar de usar meu vestido rosa para você. Isso seria bom?

Kate perguntou a Lynda sobre os desafios do isolamento e a incerteza em torno do tempo que sua família não ficaria junta. “Penso que inicialmente tomamos a decisão de isolar separadamente na semana anterior ao bloqueio porque estávamos muito conscientes do que estava acontecendo, certamente na Europa e no Reino Unido naquela época.” Lynda acrescentou que há “uma fresta de esperança” porque Mila ainda está em tratamento. “O bloqueio nos permitiu um período para apenas nos concentrarmos em seu tratamento, sem qualquer interrupção.

Mila disse muito docemente a Kate que ela “amava” os nomes de seus filhos e listou todos os três. Kate acrescentou: “Louis ficou tão grande agora que está correndo muito rápido e também em sua pequena scooter. Ele é muito rápido. Não consigo acompanhá-lo“.

Em janeiro, Mila recebeu o prêmio Estrela do Cancer Research UK for Children & Young People.

Você pode assistir à ligação da Duquesa com a pequena Mila no vídeo abaixo:

postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
06.05.2021

Para marcar o Dia Internacional da Parteira e a conclusão da campanha Nursing Now (tradução livre Enfermagem Agora), a Duquesa de Cambridge entrevistou a parteira Harriet Nayiga para a edição de maio do Nursing Times. Harriet trabalha em Uganda e é a fundadora da MILCOT (Midwife-led Community Transformation), que oferece apoio a mulheres e meninas em situação de risco.

A Duquesa disse a Harriet: “Há muita pressão em uma profissão como a sua porque as mulheres e famílias de quem você cuida estão procurando por você em busca de conselho e orientação. Você sente essa pressão em sua carreira?Harriet mencionou o estresse adicional causado pela pandemia: “Sim, essa pressão foi mais exagerada durante a Covid-19, onde você sente que também está em risco e também precisa de cuidados. Você tem família, amigos e também preocupado sobre como eles estão, mas ainda assim você tem que ir e servir aos outros.

Mais do Nursing Times :

‘KATE: O que funciona particularmente com o seu modelo de cuidados baseados na comunidade?

HN: Para essas populações marginalizadas, ter alguém com quem conversar, ter alguém em suas vidas que entenda o que eles estão passando e que possa ajudar. É disso que eles precisam. Como parteira, preciso estar perto, para que elas falem comigo, para que eu ouça as suas preocupações.

KATE: Posso imaginar que a Covid-19 colocou você e sua organização, e todo o trabalho que está fazendo, sob enorme pressão. Como tem sido Como você administrou a Covid?

HN: Normalmente fazemos contato com a comunidade, vamos até a comunidade e procuramos checá-los, mas quando a Covid veio não podíamos fazer isso, especialmente durante o bloqueio. Essas populações-chave não conseguiam nem mesmo dinheiro sobrando para comprar uma máscara. Com apoio financeiro, fomos capazes de atender às suas necessidades.

Trouxemos absorventes, fizemos máscaras, demos comida e também detergente, porque não podiam comprar sabão. A única maneira de entrar em contato com eles foi por telefone para saber como estão e como estão lidando com a situação. E então é só para quem tem telefone.

KATE: Um dos desafios aqui, que foi agravado por causa da pandemia, é a saúde mental dos pais. Isso faz parte das conversas que você está tendo com algumas das famílias e mães, porque também está sob uma grande pressão?

HN: Sim, algumas das mulheres estão passando pelo que chamamos de violência do parceiro íntimo. Ela está enfrentando violência do parceiro, o parceiro não está dando, o parceiro abusa dela, bate nela. Outras, que fazem trabalho sexual, encontram muitos abusos por parte dos homens com quem dormem – então, estão todas estressadas, têm depressão. Oferecemos psicoterapia de grupo e avaliamos o nível de depressão.

Podemos capacitá-los, para que possam criar empresas de pequena escala para se sustentarem. A saúde mental é muito importante na comunidade e temos que priorizá-la. Eu defendo que nos concentremos na saúde mental, e é um componente [de nosso apoio] que não podemos deixar de lado. ‘

A edição de maio do Nursing Times é uma edição especial que celebra o trabalho da Nursing Now. A Duquesa escolheu a capa de ‘Agentes de Mudança Global’.

Kate tornou-se patrona do Nursing Now em 2018. Na época, um porta-voz do palácio disse: “A Duquesa viu em primeira mão o impacto dos profissionais médicos da linha de frente durante as visitas a hospitais e hospícios e através de seu trabalho em apoio ao tratamento mental infantil saúde e intervenção precoce. O patrocínio da Duquesa, Nursing Now, oferece uma oportunidade de iluminar essas profissões vitais, tanto no Reino Unido como internacionalmente.

Durante um discurso, a Duquesa disse: “Esta campanha significa muito para mim pessoalmente. Minha bisavó e minha avó eram enfermeiras voluntárias. Elas teriam aprendido em primeira mão trabalhando com o Destacamento de Ajuda Voluntária e a Cruz Vermelha sobre o atendimento e compaixão que às vezes só as enfermeiras podem fornecer.

Kate durante o lançamento da campanha em 2018

O Palácio de Kensington revelou: “Nos últimos três anos, mais de 31.000 jovens profissionais se inscreveram para o Nursing Now’s Nightingale Challenge, 64 grupos do Nursing Now relataram um aumento no investimento em enfermagem e também houve um aumento de enfermeiras em posições de liderança, como Oficiais chefes de enfermagem e os conselhos de administração, que são capazes de exercer maior influência na formulação de políticas e na prestação de serviços.

 

postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
22.04.2021

O Duque e a Duquesa de Cambridge homenagearam o falecido Duque de Edimburgo visitando o esquadrão 282 da RAF Air Cadets no leste de Londres para conhecer jovens apoiados pelo Prêmio Duque de Edimburgo.

É o primeiro noivado público do casal desde que o Príncipe Philip faleceu. A última aparição oficial do Duque e da Duquesa foi no final de março. Desde então eles passaram as férias da Páscoa em sua casa de campo, Anmer Hall, antes de retornar a Londres antes do funeral de Philip. É incrivelmente apropriado que seu primeiro evento desde então seja em homenagem a uma área-chave do trabalho do falecido Duque.

Há um significado adicional para a família hoje, já que Sua Majestade está comemorando seu 95º aniversário. A Rainha aproveitou a oportunidade para compartilhar seu “apreço” pelos “muitos votos de boa sorte” que recebeu. A declaração continuou: “Enquanto como família estamos em um período de grande tristeza, tem sido um conforto para todos nós ver e ouvir as homenagens pagas ao meu marido, daqueles dentro do Reino Unido, da Comunidade e de todo o mundo.

O evento de hoje destacou um patrocínio passado do Duque de Edimburgo para Catherine. Em dezembro de 2015, a Duquesa tornou-se Comandante Aéreo Honorário dos Cadetes Aéreos da RAF, sucedendo ao Duque que serviu como Comandante-Chefe da Força Aérea por 63 anos.

Kate, em 2015, quando recebeu o patrocínio do Duque

O evento aconteceu logo após o almoço da Rainha antes do Natal de 2015 no Palácio de Buckingham. A escolha foi considerada cuidadosa, já que o avô de Kate, Peter Middleton, era um piloto da RAF. Coincidentemente, Peter se cruzou com o Duque durante uma turnê de 1962 pela América do Sul.

Durante a visita, os Cambridges conversaram com os cadetes sobre as tarefas de liderança que estão realizando e os exercícios de campo.

Mais do Daily Mail :

‘O casal assistiu a uma formação de equipe e exercícios de liderança, enquanto os cadetes moviam itens, incluindo um extintor de incêndio e um ursinho de pelúcia com cordas. – De quem é esse ursinho? Ele riu.

Ele acrescentou: ‘O que seus amigos pensaram quando você se juntou? Vocês veem uma carreira nas forças? Você pensou nisso quando entrou para os cadetes? Quando um menino disse a ele que não, originalmente, mas agora estava ansioso para fazê-lo, ele comentou: ‘Interessante. Muda sua mentalidade. ‘

Kate acrescentou: Você gosta de adquirir habilidades de liderança? Você acha que teria essas habilidades de liderança fora dos cadetes? Dá a você um pouco de vantagem, não é? disse William. “Há uma satisfação nisso.

‘Seus amigos e colegas veem o valor que os cadetes oferecem? O mais difícil é entrar. Você não sabe o que esperar. Aposto que você mudou como pessoa, aposto que cresceu muito. ‘

Eles também passaram um tempo com cadetes que atualmente estão trabalhando para receber o Duke of Edinburgh Award. Anualmente, os Cadetes Aéreos recebem até 3.000 prêmios. Desde seu início em 1956, o ‘D of E‘, como é comumente conhecido, foi lançado. Inicialmente, era “para meninos” com idades entre 15 e 18 anos. No início, foi administrado e amplamente projetado por John Hunt, que liderou a primeira escalada bem-sucedida do Everest em 1953 e se aposentou do exército para comandar o Duke of Edinburgh Award. O objetivo era atrair meninos que não estivessem interessados ​​em ingressar em um dos principais movimentos juvenis britânicos, como a Scout Association. Não era necessário ‘ingressar’ em nenhuma organização ou usar uniforme para participar. Nos primeiros 12 meses, 7.000 meninos se inscreveram no esquema. As primeiras meninas receberam seus prêmios de ouro em 3 de novembro de 1959 no Palácio de Buckingham. A partir de janeiro de 1965, o Prêmio Ouro para meninos e meninas tornou-se mais semelhante. Os primeiros prêmios de ouro foram conquistados em 1958, e a instituição de caridade foi fundada em 1959.

Kate é umaa orgulhosa detentora de um prêmio Gold DoE, tendo-o conquistado durante seu tempo no Marlborough College. “Lembro-me de tentar cozinhar bacon no molhado. Tudo estava encharcado e eu estava tentando e tentando cozinhar bacon. Lembro-me de dizer, sabe de uma coisa, acho que vamos comer apenas sanduíches simples. Pão, pão básico E manteiga.” O desafio de Kate envolveu uma caminhada, com condições climáticas nada agradáveis.

Mais do Palácio de Kensington:
‘Estabelecido em 1941, o Air Cadets é uma força de cadetes em todo o Reino Unido com mais de 32.000 membros com idades entre 12 e 19 anos. Patrocinados pela Royal Air Force, os Air Cadets oferecem experiência prática que desafia e desenvolve habilidades entre os jovens para ajudá-los a ter sucesso, estimular o espírito de aventura e desenvolver qualidades de liderança e boa cidadania.
O 282 (East Ham) Squadron apóia mais de 60 cadetes para adquirir habilidades e qualificações em uma variedade de disciplinas diferentes, desde aviação, comunicação cibernética e de rádio até treinamento de aventura, música, primeiros socorros e experiência aérea em vôo, planador e um plano de estudos espacial. O esquadrão também participou de uma série de viagens internacionais para realizar projetos como reforma de escolas, preservação da floresta tropical e aulas de inglês.
Suas Altezas Reais também ouviram mais sobre o esquema “Distintivo Azul” do Prêmio Pré-Duque de Edimburgo para Cadetes Aéreos, que se destina a cadetes de 12 a 14 anos de idade e permite que eles comecem a desenvolver suas habilidades e se envolvam em atividades antes mesmo maior de idade para participar nos níveis Bronze, Prata e Ouro. ‘
A Duquesa experimentou um simulador aéreo.

Antes da partida do casal real, o Esquadrão participou de uma Saudação de Três Vivas em homenagem ao Príncipe Philip.

Catherine usava seu casaco preto Dolce & Gabbana, usado primeiro em 2017, sua bolsa Mulberry, brincos de pérola e seus sapatos Tod.