'Eventos' archive



postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
12.07.2021

A Duquesa de Cambridge compareceu à final masculina do torneio de Wimbledon que aconteceu no domingo (11). Kate estava acompanhada por seu pai, Mike Middleton, e por Scott Lloyd, CEO da Lawn Tennis Association.

Além de Wimbledon, a final da EuroCopa está muito presente nas mentes do país. Ao chegar, Kate foi questionada sobre Inglaterra x Itália e disse que está mantendo os dedos cruzados.
Na semana passada, Michael, Carole, Pippa e seu marido, James, compareceram ao torneio. Kate é incrivelmente próxima de sua família e pelas palavras adoráveis ​​de Mike quando William e Kate confirmaram seu noivado até vislumbres dele com seus netos ao longo dos anos, ele sempre me pareceu um homem adorável e um marido, pai e avô fantástico. Foi ótimo ver a dupla junta hoje.

O primeiro porto de escala de Kate e Mike foi o Tribunal No. 3, onde Gordon Reid da Grã-Bretanha foi derrotado por Joachim Gerard da Bélgica na final individual em cadeiras de rodas masculinas.

No Twitter, o palácio parabenizou os dois jogadores por suas “atuações fantásticas” ao longo do torneio.

Informações da BBC :

‘Reid, que ganhou o título de duplas com Alfie Hewett no sábado, perdeu por 6-2 e 7-6 (7-2). O escocês, de 29 anos, perdia por 4-1 no segundo set antes de tentar uma reviravolta para forçar o desempate, mas Gerard foi mais consistente.

“É um discurso difícil de fazer. Às vezes você tem que dizer que perdi para o melhor jogador”, disse um Reid emocionado. Reid estava atrás de seu segundo título de simples em Wimbledon após a vitória em 2016. ‘

De lá, Kate e Mike seguiram para o Royal Box para a tão esperada final entre Novak Djokovic e Matteo Berrettini.

O sorteio foi realizado por Sean Seresinhe, de 13 anos, que representou a instituição de caridade jovem de saúde mental Off the Record Counseling.

O primeiro set viu o italiano Berrettini fazer uma série de excelentes chutes antes de assumir a liderança no tie-break. Não demorou muito para que Djokovic começasse a dominar, levando os dois e três sets.E com a vitória do quarto set conquistou seu sexto título de simples em Wimbledon.

Relatórios de Wimbledon :

‘Tribunal Central nunca teve um gosto tão bom. Novak Djokovic, o autodenominado “lobo” de Wimbledon com uma fome pelo troféu coberto de abacaxi e gramados listrados do All England Club, beliscou a grama em comemoração após desistir de uma derrota contra Matteo Berrettini para vencer o campeonato por um sexto Tempo.
Comer a quadra se tornou a jogada de Djokovic – ele também tinha feito isso em todas as ocasiões anteriores em que ganhou este título – mas desta vez foi diferente, desta vez o centeio teria sido ainda mais doce.
Esta foi a tarde, carregada de história do tênis, quando o Nº 1 do mundo se colocou no mesmo nível de Roger Federer e Rafael Nadal em 20 títulos de Grand Slam de simples, e também a três quartos do caminho para se tornar o primeiro homem desde o australiano Rod Laver em 1969 para realizar o quase mítico Grand Slam do ano civil.
Ao somar o título de Wimbledon aos triunfos desta temporada no Aberto da Austrália e Roland-Garros, o sérvio também estava defendendo o argumento de que deveria ser considerado o GOAT, o Maior de Todos os Tempos, no futebol masculino. ‘

O número um do mundo disse: “Vencer Wimbledon sempre foi o maior sonho para mim quando eu era criança. Um menino de sete anos na Sérvia construindo um troféu de Wimbledon com materiais improvisados ​​e estando aqui com um sexto troféu de verdade é incrível. É incrível. É incrível.

Foi um dia agridoce para o Duque de Kent, que deixou o cargo de presidente do All England Club depois de mais de cinquenta anos. O Duque já entregou o troféu em mais de 350 ocasiões para jogadores, incluindo Rod Laver, Ann Jones, Roger Federer e Serena Williams. Falando sobre seus anos de serviço, o Duque disse: “Foi uma honra servir a esta instituição notável por tanto tempo. Ter visto este torneio e o jogo de tênis crescer e inspirar gerações ao longo de cinco décadas foi uma experiência extraordinária e estou incrivelmente orgulhoso de ter participado dela. Estou ansioso para ver os jovens jogadores de hoje buscarem padrões de excelência cada vez mais elevados e continuarei a incentivá-los como o fazem.

Como um agradecimento, o Duque recebeu uma réplica do Gentlemen’s Singles Championship Trophy na Quadra Central. Vários membros da família Kent compareceram à partida de hoje.

 
Muito apropriadamente, a BBC informa que a Duquesa de Cambridge sucederá o Duque de Kent como presidente.

Para a final e Wimbledon, Catherine escolheu um lindo vestido rosa por Beulah London, sapatos de salto alto Aldo seus brincos Mappin & Webb Empress, óculos de sol Ray Ban e carregava sua bolsa Josef.

Confira fotos em HQ na galeria:

Após, a Duquesa e o Príncipe George juntaram-se ao Príncipe William para a assistir a final da EuroCopa. A reação de George a um gol inicial :

 

A antiga campeã de tênis Marion Bartoli revelou durante uma conversa com William e Kate ontem que William queria que George vestisse uma camisa para a partida. Ela acrescentou: “William era a favor, Kate não estava tão entusiasmada, então veremos.

Foi um jogo inesquecível com mais trinta minutos e penalidades. Finalmente a Itália venceu por 3-2. Depois, William twittou: “Todos vocês chegaram tão longe, mas infelizmente desta vez não era o nosso dia. Vocês podem manter a cabeça erguida e ter tanto orgulho de si mesmos – sei que há mais por vir“.

Confira as fotos na galeria:

postado por Amanda Gramazio e categorizado como Eventos
10.07.2021

Neste sábado, 10/07, o Duque e a Duquesa de Cambridge compareceram juntos à final feminina solo do Torneio de Wimbledon. Essa foi a primeira aparição da Duquesa em público após seu resguardo, visto que teve contato com pessoas que testaram positivo para COVID-19, Kate seguiu os protocolos de segurança se mantendo isolada. Lembrando que testes de COVID são feitos frequentemente na Família Real e Kate testou negativo para todos.

Patrona do All England Lawn Tennis Club, essa é a segunda aparição de Kate no Torneio desse ano, a Duquesa esteve no quinto dia de competições antes de entrar em isolamento. Kate foi acompanhada por seu marido, o príncipe William, para assistir Ashleigh Barty da Austrália enfrentar Karolína Plíšková da República Tcheca na quadra central. Com os Duques na Royal Box estava o Duque de Kent, o secretário de cultura Oliver Dowden e o prefeito de Londres, Sadiq Khan.

Kate e William estavam muito estilosos ao entrar no SW19, com o Duque vestindo um conjunto azul enquanto a Duquesa optou por um vestido Emilia Wickstead verde-esmeralda de £1.360, com uma bolsa de cor creme e sapatos de salto combinando. Além do estilo, o casal parecia estar de muito bom humor, contando piadas e rindo juntos durante toda a partida.

A vitória ficou com a australiana Barty, que levou seu primeiro título em Wimbledon. Kate presenteou a campeã com seu troféu ao lado do presidente do All England Club, o Duque de Kent, que irá dar seu último troféu nessa temporada antes de deixar o cargo após 52 anos de serviço.


Kate e o Duque de Kent

Kate deve ir para a final masculina sozinha no domingo (11/07), visto que o Príncipe William é esperado na partida entre Inglaterra e Itália na final do Euro 2020 no Wembley.

Confira +200 fotos em HQ na galeria:



FONTES: Daily mail | HELLO

postado por Amanda Gramazio e categorizado como Eventos
02.07.2021

A Duquesa de Cambridge compareceu, nessa quinta- feira 02/07, ao quinto dia do Torneio de Wimbledon. Considerado o maior e mais antigo torneio de tênis do mundo, o Wimbledon foi criado em 1877 pela All England Lawn Tennis and Croquet Club, instituição que Kate é patrona desde 2016.

Fã e patrocinadora do esporte, Kate fez sua primeira aparição no torneio desse ano vestindo uma saia de bolinhas azul e branca Alessandra Rich de £795, bolsa Mulberry de £675, sapatos de salto branco Jimmy Choo e uma jaqueta sob medida da marca canadense Smythe. Primeiro,Kate se reuniu com Sally Bolton e do ex-tenista britânico, Tim Henman, para assistir à partida entre Jamie Murray e o brasileiro Bruno Soares contra o norte-americano Nicholas Monroe e o canadense Vasek Pospisil na primeira rodada de duplas masculinas na quadra 14.

Antes do final da partida, Kate foi até a cozinha do Wingfielddo ajudar o chef Adam Fargin na preparação de sobremesas com morangos e creme. Ela parabenizou o trabalho que os organizadores do AELTC têm feito para preparar e distribuir até 200 refeições por dia para população em situação de vulnerável durante a pandemia do coronavírus.

Após uma visita ao Wimbledon Lawn Tennis Museum a Duquesa se juntou ao Duque e Duquesa de Kent na Royal Box (espaço reservado para família real) do Grand Slam para assistir à partida entre Andy Murray (amigo da Duquesa ) e Denis Shapovalov, nas eliminatórias do terceiro turno. Para chegar no espaço VIP, Kate atriu atenção e olhares do público presente. Um corredor de pessoas se formou e inúmeros celulares registraram a passagem da realeza!


Em seu Instagram o Palácio de Kensington divulgou imagens do evento, um vídeo da Duquesa passeando pelo local e comentou;

 

“O retorno de Wimbledon! Com o torneio tendo que ser cancelado no ano passado, é incrível ver os fãs e jogadores de volta neste terreno icônico. E embora no ano passado não tenha acontecido, a AELTC continuou a fazer um trabalho incrível dentro da comunidade local. Por meio do Wingfield Kitchen, eles foram capazes de fornecer 200 refeições quentes por dia, durante um ano inteiro, para os necessitados.”

Enquanto estava no museu em um momento de descontração, Kate desafiou sua agilidade corporal;


O torneio segue até o dia 11 de julho.

Confira +400 fotos em HQ na galeria:

Fonte: dukeandduchessofcambridge | dailymail |
PEOPLE

postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos
29.06.2021

Foi uma noite especial para o Príncipe George! Na noite dessa terça (19), o Duque e a Duquesa de Cambridge trouxeram seu filho mais velho ao Estádio de Wembley para a tão esperada partida da Euro 2020 da Inglaterra x Alemanha. George estava muito lindo usando seu terno e gravata.

A aparição acontece antes do oitavo aniversário de George, no mês que vem. Certamente, nos últimos dois anos, as crianças de Cambridge ficaram mais visíveis e o evento de hoje é uma continuação disso com o futuro de George em mente. Recentemente, houve vários artigos especulando sobre o quanto o futuro rei foi informado sobre os próximos anos. Suspeito que seja um caso de introdução muito gradual de aparições públicas por enquanto.

De fato, Roya Nikkhah relata que é a primeira vez que Kate se junta a William em um jogo da Inglaterra. Provavelmente foi decidido ser o evento ideal para levar George juntos.

O vencedor desta partida segue para os quartos de final do Campeonato da Europa de Futebol de 2020. O tecnico da Inglaterra, Gareth Southgate, delineou a sua estratégia e ideias antes do jogo: “As equipes que a Alemanha já jogou têm grandes problemas com a sobrecarga dos laterais. Temos de lidar com isso, mas também temos de lhes causar problemas com o nosso sistema. O nosso foco tem estado tanto com a bola como sem ela esta semana, mas sabíamos que o problema táctico no nosso terço de defesa do campo era um que tínhamos de resolver.

O Príncipe William viajou de volta para Londres após um dia e meio na Escócia, onde se juntou a Sua Majestade a Rainha para os compromissos marcando a Semana Holyrood. Hoje cedo, o Príncipe viajou para o Estaleiro BAE Systems em Govan para ver o trabalho no HMS Glasgow da Marinha Real – o primeiro navio de combate City Class Type 26. Quando concluído, terá um papel importante na segurança marítima e compromissos no exterior. Enquanto estava lá, ele anunciou novidades que Kate havia sido nomeada pela Rainha como patrocinadora do navio. William disse: “Eu sei que Catherine terá o maior prazer em se juntar a você aqui em Glasgow para a cerimônia de batismo no devido tempo.” A duquesa viajará para a Escócia ainda este ano para “batizar” o navio. O palácio disse que marcará o início de uma “conexão pessoal forte e duradoura de longa data com o navio e sua tripulação.

Catherine selecionou para o evento um lindo casaco vermelho da ZARA e combinou com uma blusa branca e calças jeans.

Confira + fotos em HQ na galeria:

postado por Yasmin Souza e categorizado como Eventos, Vídeos
19.06.2021

A Duquesa de Cambridge lançou oficialmente o Centro da Fundação Real para a Primeira Infância durante dois compromissos especiais nessa sexta (18). Foi revelado à meia-noite que o centro é o culminar de uma década de trabalho e aprendizagem de Kate na área.

Será sediado no Palácio de Kensington e dirigido pela Royal Foundation com uma equipe de seis funcionários trabalhando em três objetivos: promover e encomendar pesquisas de alta qualidade para aumentar o conhecimento e compartilhar as melhores práticas; trabalhar com pessoas de todos os setores privado, público e voluntário para colaborar em novas soluções; e desenvolver campanhas criativas para aumentar a conscientização e inspirar ações, gerando mudanças reais e positivas nos primeiros anos.

A primeira parada de Kate foi uma mesa redonda na London School of Economics.

O Palácio de Kensington disse: “Por mais de dez anos, a Duquesa de Cambridge viu em primeira mão como alguns dos desafios sociais mais difíceis de hoje – desde o vício e a violência até o colapso familiar e a falta de moradia, tantas vezes sustentadas por problemas de saúde mental – têm suas raízes no Naquela época, a Duquesa também reuniu um grupo de especialistas para analisar como a colaboração intersetorial poderia trazer mudanças duradouras e passou um tempo ouvindo o público sobre suas opiniões sobre a importância dos primeiros anos. Como resultado, Sua Alteza Real está empenhada em elevar a importância da primeira infância e continuar a conversa sobre este assunto vital. O lançamento do Centro da Fundação Real para a Primeira Infância é um passo marcante no trabalho de Sua Alteza Real e sinaliza seu compromisso ao longo da vida para melhorar os resultados em toda a sociedade.

Em um vídeo compartilhado esta manhã, Kate descreveu o centro como uma chance de “abraçar esta oportunidade de ouro para criar uma sociedade mais feliz, mais saudável mentalmente e mais protetora“.

Presidente da Royal Foundation, ex-líder do partido conservador, Lord Hague falou sobre o centro:

“O lançamento do Center for Early Childhood é um momento crucial no trabalho da Duquesa de Cambridge sobre esta questão crítica. Sua Alteza Real e a Fundação Real estão determinados a ajudar a trazer mudanças duradouras para as gerações futuras.

A Duquesa e a Fundação terão como objetivo reunir pessoas de todos os cantos do país e de todas as partes da sociedade para ajudar a melhorar a primeira infância e, em última análise, os resultados para a vida toda. Nos próximos anos, o Centro ajudará a criar uma melhor compreensão das questões relevantes, deixando claro por que as experiências que temos em nossos primeiros anos são tão importantes – não apenas para nós como indivíduos, mas para a sociedade em geral. “

Ele segue a pesquisa de Kate dos primeiros anos, 5 Big Questions, sendo realizada no ano passado, obtendo meio milhão de respostas. As descobertas descobriram que “a maioria das pessoas não entende a importância específica dos primeiros anos“. Uma nova pesquisa encomendada pela Royal Foundation e conduzida por You Gov descobriu que o impacto da pandemia foi devastador e os pais de crianças pequenas “continuaram a se sentir mais sós à medida que a pandemia continuou“, com aqueles que sempre / frequentemente se sentem solitários aumentando de 9 por cento em outubro de 2020 para 16 por cento em maio de 2021.

Os relatórios da BBC :

‘Um assessor real disse que Catherine sentia que a primeira infância era o’ equivalente social à mudança climática ‘, mas não foi discutida’ com a mesma seriedade ‘. O Palácio de Kensington descreveu o centro como “um marco histórico” em seu trabalho.

A duquesa disse que queria “criar uma sociedade mais feliz, mais saudável mentalmente e mais protetora”. Um assessor disse que o desenvolvimento moldaria seu foco futuro como uma realeza sênior.

“A duquesa fez a observação de que quanto mais você aprende sobre a ciência da primeira infância, seja o desenvolvimento do cérebro, as ciências sociais, o que isso significa para a nossa saúde mental adulta, mais você percebe que isso é o equivalente social da mudança climática, ” eles disseram. “Mas não é discutido com a mesma seriedade ou intenção estratégica que essa questão.” ‘

Mais de People :

“O centro, que inicialmente contará com meia dúzia de pessoas, visa promover e encomendar pesquisas, trabalhar com os setores público, privado e voluntário para encontrar respostas e criar campanhas criativas para aumentar a conscientização e inspirar mudanças.

Os assessores reais acrescentam que uma dessas áreas pode ser descobrir como tornar a ciência do desenvolvimento do cérebro na primeira infância atraente para o público adolescente, o que pode ser útil para quando eles próprios se tornarem pais. ‘

Para coincidir com o lançamento, foi publicado o relatório inaugural do centro, Big Change Starts Small. Ele apresenta recomendações sobre como todos nós podemos contribuir para a questão ao mesmo tempo, em que reúne pesquisas de ponta de especialistas do setor.

No prefácio, a Duquesa refletiu sobre sua própria jornada ao longo da última década: “Quando assumi os deveres reais, há uma década, comecei a encontrar pessoas inspiradoras que estavam reconstruindo suas vidas a partir de desafios como vício, falta de moradia, violência – e doenças mentais saúde que muitas vezes sustenta essas experiências.Kate revelou que a “recorrência dessas conversas” a levou a “querer aprender mais“.

Durante a discussão da mesa redonda de hoje com os principais acadêmicos e profissionais que trabalham nos setores dos primeiros anos, as recomendações do relatório foram discutidas.

Os especialistas incluíram o Dr. Alain Gregoire, fundador e presidente honorário da Maternal Mental Health Alliance; Professor Eamon McCrory, Professor de Neurociência e Psicopatologia do Desenvolvimento, University College London; Professor Martin Knapp, Professor de Política de Saúde e Assistência Social, Professorial Research Fellow (CPEC), London School of Economics; Dr. Guddi Singh, Pediatric Registrar, Guy’s & St. Thomas ‘NHS Foundation Trust; e Alison Morton, Diretora Executiva, Institute of Health Visiting.

A Duquesa escreveu sobre sua missão para o centro: “Ao estabelecer a Fundação Real Centro para a Primeira Infância, nossa missão é promover a conscientização e a ação sobre o impacto transformador dos primeiros anos. Nosso objetivo é mudar a maneira como as pessoas pensam sobre primeira infância – e este relatório é nosso primeiro passo. Ajudaremos a fazer mudanças por meio de novas pesquisas para identificar oportunidades, colaborações para dimensionar soluções e campanhas criativas para dar vida ao problema.Kate concluiu que isso será alcançado “continuando a ouvir os outros e sendo informada pelos dados”. “Não será fácil – a transformação nunca é – mas uma grande mudança começa pequena.


O relatório foi escrito em colaboração com o Center on the Developing Child da Universidade de Harvard e da London School of Economics. Ele revela que o custo impressionante da “oportunidade perdida” só na Inglaterra é de £ 16 bilhões por ano. O Palácio de Kensington observou: “Este é o custo para a sociedade das medidas corretivas que tomamos para resolver problemas – desde crianças sob cuidados a problemas de saúde física e mental de curto e longo prazo – que poderiam ter sido evitados por meio de ações na primeira infância.

O relatório pode ser lido na íntegra aqui . Abaixo, uma parte do sumário executivo:

“A primeira infância representa um dos melhores investimentos que podemos fazer para a saúde, o bem-estar e a felicidade de nossa sociedade a longo prazo. Nossos resultados futuros, sejam eles acadêmicos, econômicos ou relacionados à saúde (incluindo saúde mental), são profundamente moldados por nossos primeiros cinco anos. Ainda assim, a pesquisa pública de referência da Royal Foundation sobre a primeira infância, conduzida pela Ipsos MORI em 2020, revelou que o reconhecimento da importância dos primeiros anos é baixo.

Este relatório foi publicado para coincidir com o lançamento do Royal Foundation Center for Early Childhood. É um resumo de décadas de ciência sobre a primeira infância e pesquisas sobre por que os primeiros anos são importantes. Ao reunir este corpo de evidências, esperamos demonstrar a importância estratégica desta questão vital para todos. Assim como décadas de avanços na ciência do clima mostraram um caminho em direção a um futuro mais sustentável, essas percepções também podem demonstrar o poder da primeira infância na construção de sociedades fortes e saudáveis. Esse é o objetivo deste relatório e o pensamento estratégico subjacente do Royal Foundation Center for Early Childhood.

Este relatório também visa mostrar de forma inequívoca que, trabalhando juntos, existem oportunidades reais para todos nós – como cuidadores, profissionais, comunidades, empresas e sociedade de forma mais ampla – de priorizar os primeiros anos e mudar a forma como pensamos sobre o desenvolvimento da primeira infância . E é do nosso interesse comum fazê-lo. Fornecer o máximo de proteção possível nos primeiros anos (desde a gravidez até os cinco anos de idade) é nossa melhor oportunidade para enfrentar a crise de saúde mental de hoje e garantir nossa saúde e bem-estar a longo prazo. ‘

A conclusão do relatório é: “O momento de agir é agora. A pandemia proporciona um momento de reflexão sobre a sociedade que podemos ser. Com um foco maior na primeira infância, temos a oportunidade de construir uma sociedade mais feliz e mais mental e fisicamente mais saudáveis. Ninguém pode fingir que isso será uma “solução fácil”. Identificar onde direcionar o trabalho preventivo e de intervenção precoce pode ser difícil na prática. No entanto, graças a um enorme e crescente corpo de pesquisas em várias disciplinas, sabemos muito mais agora do que em qualquer momento no passado sobre como fazer uma diferença positiva.

De lá, Kate voltou para o Palácio de Kensington, onde se reuniu com famílias que conheceu na última década. Esses grupos de pais ajudaram a formar a compreensão da Duquesa sobre a importância de dar apoio aos pais.

Relatórios da People :

‘Ocorrendo no café do Palácio de Kensington, o bate-papo foi um lembrete comovente das pessoas que ela está tentando ajudar: pais e encarregados de educação e seus filhos pequenos. Alguns dos que ela conheceu foram aqueles que ela encontrou em vários compromissos enquanto cruzava o Reino Unido conversando com as pessoas sobre alguns dos desafios que elas enfrentam. ‘

 

Além disso, a Duquesa lançou um novo site para aumentar a conscientização sobre os primeiros anos – com foco nas oportunidades sociais e econômicas de mudança. O site servirá como um hub para a pesquisa do centro e para aqueles que trabalham na área e estão ansiosos para dar os primeiros passos para aprender mais.

Catherine usava lindo vestido azul pela marca LK Bennett, sapatos Gianvito Rossi e acessórios em ouro.